Artigos
17.Nov - Primeiros passos para excelência
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Primeiros passos para excelência

As organizações, em geral, buscam não apenas sua sobrevivência, mas prosperidade e sucesso neste mercado cada vez mais competitivo, em que as fronteiras geográficas praticamente não existem.


Ao trilhar este caminho, destacamos como ponto principal para o sucesso o estabelecimento de um programa de gestão com base em uma definição de estratégia motivadora e desafiante. Ressaltamos também a importância da clareza para todos integrantes da organização sobre a sua visão de futuro; ou seja, o que a empresa quer, onde e quando pretende chegar.


As organizações precisam, com urgência, de descobrir quais são suas ameaças, oportunidades, pontos fortes e principalmente aqueles pontos que necessitam de melhoria.


Várias empresas vêm utilizando este desafio como o grande fator motivador, a partir da participação de seus colaboradores no levantamento dos pontos que devem ser melhorados em cada área da empresa. Quanto maior for a participação das pessoas, maior será a adesão às propostas de mudança que se fizerem necessárias para enfrentar, com êxito, este cenário de mutabilidade constante.


É preciso também que a direção e os gerentes das empresas não apenas acreditem na proposta de um programa de gestão, mas que dêem demonstração de confiança nos resultados que as mudanças irão proporcionar à organização, saindo de seu estágio atual de administração (a despeito de já ter apresentado bons resultados no passado) para um outro estágio que propicie respostas concretas aos desafios do momento atual, superando inclusive suas próprias expectativas. 


A resposta positiva das pessoas a esta nova proposta dependerá da crença, do comprometimento e do patrocínio de toda a direção.


O processo de convencimento e adesão a um novo programa de gestão não é apenas fruto de algumas palestras ou treinamentos (o que não significa que elas não sejam importantes), mas também dos resultados que as pessoas percebem para sua vida profissional. Estes resultados desenvolvem o senso de oportunidade e contribuem para elevação do nível de consciência profissional, estimulando a iniciativa pessoal para a busca constante de seu autodesenvolvimento e qualificação profissional.


Quanto maior a elevação do nível de consciência, maior será o resultado, tanto para as pessoas como para a organização. Este processo de tomada de consciência se dará na medida em que as pessoas percebam as ameaças do mercado, e, principalmente, das oportunidades e benefícios que se podem obter com os resultados de um novo programa de gestão.


Neste contexto, lembramos que o Programa 5S constitui-se como um primeiro passo importante e fundamental para se iniciar, com êxito, este processo de transformação empresarial.


Ao desencadear esta iniciativa a organização não terá apenas a oportunidade de conhecer uma metodologia, uma técnica, mas a possibilidade de vivência prática, em que as pessoas percebem os benefícios de imediato, e, principalmente, porque o 5S é um excelente meio de se conseguir bons resultados empresariais e pessoais, tanto pela revolução que promove na organização quanto pela mudança de comportamento que gera nas pessoas.


O 5S não é um evento episódico de limpeza, pois ele tem por objetivo proporcionar mudança na maneira de pensar das pessoas (executivos, gerentes, profissionais) na direção de um melhor comportamento para toda a vida, a partir dos benefícios empresariais e das reflexões de cada um. Ele visa também promover uma nova maneira de conduzir a empresa a resultados efetivos. Assim o homem estará mais preparado para enfrentar os desafios dessa época, pois, "A vida do homem sobre a Terra é uma luta...".(Jó 7,1).


No Brasil esta prática vem sendo disseminada em várias organizações que atestam seus benefícios, e, cada vez mais, as empresas vêm adotando esta filosofia, como uma ferramenta muito eficaz na promoção de nova cultura organizacional e melhoria no relacionamento interpessoal de seus colaboradores.


Temos implantado esta metodologia em algumas empresas de pequeno, médio e grande portes e, felizmente, tivemos oportunidade de presenciar resultados importantes para as organizações, como por exemplo: aumento de produtividade; melhoria da imagem da empresa; maior utilização dos talentos; melhor aproveitamento e liberação de espaços; redução de desperdícios; combate à burocracia e eliminação de relatórios desnecessários; melhor relacionamento interpessoal da equipe; maior senso de responsabilidade etc.


Como o 5S se iniciou no Japão, as interpretações dos ideogramas possuem traduções variadas, no entanto apresentamos apenas aquelas em que os sentidos mais se aplicam à realidade das organizações, a saber:



• SEIRI - Senso de Seleção e Utilização 
• SEITON - Senso de Ordem e Organização 
• SEISO - Senso de Limpeza 
• SEIKETSU - Senso de Zelo e Saúde 
• SHITSUKE - Senso de Disciplina


Para a implantação bem sucedida desta metodologia é necessário um treinamento qualificado, pois, sem conhecer a filosofia e a essência do programa, as pessoas não têm como abraçar esta idéia. Além do conhecimento do 5S, o curso desperta também a motivação, o interesse e o comprometimento dos envolvidos na aplicação do programa. Por isso é muito importante a participação de todos em todas as fases. A implantação deve ocorrer logo após o treinamento.


Fonte: Izekson José da Silva

Indique a um amigo
 
Newsletter

CADASTRE-SE

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS ATUALIZADAS DO IBMC
  • ibmc@ibmc.com.br

  • Copyright © 2019 IBMC - Instituto Brasileiro de Marketing Católico. Todos os direitos reservados.