Notícias Gerais
 
02.Mar - A Casa da Mãe Aparecida recebe o lançamento da Campanha da Fraternidade 2020
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
A Casa da Mãe Aparecida recebe o lançamento da Campanha da Fraternidade 2020

Uma criança, vestida de Santa Dulce dos Pobres, carregou uma relíquia de um fragmento do corpo da Santa, acompanhada por outras dez crianças que traziam rosas para a mais nova santa brasileira.


 


Irmã Dulce é a inspiração da CF deste ano, que tem como tema “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso” e o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10, 33-34). A Santa serve de exemplo porque seguiu exatamente o que a Campanha convida a todos nesta quaresma: ver o próximo e nunca tratar alguém com indiferença, sentir compaixão e tomar uma atitude de cuidado com os que mais precisam de ajuda.


 


Quem presidiu a missa foi o arcebispo de Belo Horizonte e presidente da CNNB, dom Walmor Oliveira de Azevedo. Os concelebrantes foram representantes da coordenação executiva da Campanha e membros da entidade. Logo no início da celebração, o bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da Conferência, dom Joel Portella Amado, fez a leitura da carta enviada pelo Papa Francisco para a Campanha da Fraternidade deste ano. Na mensagem, o Pontífice chama a atenção para a necessidade de fortalecer o valor da vida. Além disso, recorda que a conversão não deve ser separada do serviço aos irmãos e irmãs, “sobretudo aos mais necessitados”, escreve o Santo Padre.


 


Na homilia, o presidente da CNBB destacou que, no tempo quaresmal, a Igreja nos convida a uma atitude de conversão, pois, segundo ele “não podemos passar esses quarenta dias como estávamos antes”. Por isso, a Campanha é a oportunidade de nos espelharmos na referência bonita de Santa Dulce para valorizar o dom da vida.


 


“Somos todos convidados a ter um olhar e uma atitude samaritanos, um olhar de Nossa Senhora, por isso estamos na Casa da Mãe Aparecida”, afirmou do Walmor.


 


No meio da multidão de fieis, Luzia Gonçalves, dona de casa de Lorena (SP), afirmou que acompanha todas as Campanhas da Fraternidade, participa da coleta, que este ano será no dia cinco de abril, e faz questão de seguir os passos da CF ao longo da quaresma.


 


“A Campanha nos ajuda muito a sermos pessoas melhores e vivermos bem o tempo da quaresma. Sempre leio os materiais das campanhas e procuro seguir os conselhos. Este ano a CF está muito linda, com o exemplo de Irmã Dulce, é uma benção mesmo”, afirmou Luzia.


 


Fonte: CNBB


Indique a um amigo
 
Newsletter

CADASTRE-SE

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS ATUALIZADAS DO IBMC
  • ibmc@ibmc.com.br

  • Copyright © 2020 IBMC - Instituto Brasileiro de Marketing Católico. Todos os direitos reservados.