Notícias Gerais
 
09.Set - Obra dos Pequeninos de Jesus: Igreja em saída ao encontro do irmão necessitado
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Obra dos Pequeninos de Jesus: Igreja em saída ao encontro do irmão necessitado

Mariangela Jaguraba – Vatican News


O nosso entrevistado no programa de hoje é o diácono Hélio Rodrigues de Oliveira, atual diretor-presidente da Fundação Maria Mãe que mantém a Obra dos Pequeninos de Jesus, em Juiz de Fora (MG). A obra foi criada, em 1983, por um grupo de amigos liderados pela irmã francesa Monique Monceou, com o objetivo de ser um ponto de apoio e promoção humana para Pessoas Adultas em Situação de Rua na cidade de Juiz de Fora.


Em qualquer centro urbano são perceptíveis grupos de pessoas que vivem nas ruas. Embora estas pessoas busquem trabalho como forma de obter os meios de subsistência para manter-se e sobreviver com dignidade, sem capacitação para o mercado formal de trabalho, acabam buscando formas de sobrevivência em atividades de baixa remuneração como catadores de recicláveis, cuidadores de carros, flanelinhas, vendedores ambulantes, entre outras atividades precárias que não oferecem as condições necessárias para a superação da pobreza.


"A obra tem como missão a prestação de serviço e apoio às pessoas em situação de rua no intuito de amparar, recuperar, promover e reintegrar esses usuários sempre fundamentados na Palavra de Deus. Na prestação de serviço, a gente oferece diariamente à população em situação de rua, a primeira refeição do dia. Além da refeição do dia, a gente oferece também as condições para que eles tomem banho pelo menos duas vezes por semana, oferecendo o espaço e todo material de higiene e limpeza necessários, além de uma muda de roupa semanalmente. Oferecemos também a eles apoio psicológico, assistência social e também trabalhamos com educadores sociais que tentam reintegrá-los, aqueles que se interessam, reintegrá-los no mercado de trabalho, ou conseguirem uma atividade que gere renda para que se tornem independentes", disse o diácono Hélio aos microfones da Rádio Vaticano, no programa Porta Aberta.


Trabalho na pandemia


Desde o início de 2020, a sociedade enfrenta um grande desafio provocado pelo avanço da pandemia do novo coronavírus, que atinge fortemente a população em situação de rua devido à dificuldade que essas pessoas têm de se preservarem e cumprirem as medidas de proteção recomendadas. A Obra dos Pequeninos de Jesus adaptou seus serviços para continuar de portas abertas atendendo a essa população, buscando oferecer orientações para que todos se conscientizem da gravidade da situação.


"Eu entendo que a Obra dos Pequeninos de Jesus está comprometida com o pedido do Papa Francisco de uma Igreja em saída, porque nós vamos ao encontro do irmão necessitado, temos as portas abertas para aqueles que nos procuram, a nossa orientação é católica, temos muitos voluntários que se dedicam ali. São a forma que eles têm de expressar a caridade para com aqueles que necessitam. O trabalho é muito gratificante no sentido que a gente vê, a gente percebe que muitos, graças a esse apoio, conseguem sair da situação em que se encontram", disse ainda o diácono.








Fonte: Vatican News

Indique a um amigo
 
Newsletter

CADASTRE-SE

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS ATUALIZADAS DO IBMC
  • ibmc@ibmc.com.br

  • Copyright © 2021 IBMC - Instituto Brasileiro de Marketing Católico. Todos os direitos reservados.