Notícias Gerais
 
30.Jan - Papa Francisco lembra as vítimas do Holocausto: a lógica do ódio nunca pode ser justificada
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Papa Francisco lembra as vítimas do Holocausto: a lógica do ódio nunca pode ser justificada

O Papa Francisco pediu no sábado, 27 de janeiro, dia em que foram lembradas as vítimas do Holocausto judeu, que não se esqueçam as milhões de pessoas assassinadas por uma lógica do ódio que "nunca pode ser justificada".


 


Por meio de sua conta na rede social X, o papa se uniu a comemoração do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, estabelecido pelas Nações Unidas em 1º de novembro de 2005 para lembrar as pessoas mortas pelos nazistas, só por serem judeus.


 


"Que a recordação e a condenação desse horrível extermínio de milhões de judeus e de pessoas de outras crenças, ocorrido no século passado, ajude todos a não esquecer que a lógica do ódio e da violência nunca pode ser justificada, pois nega a nossa própria humanidade".


 


Em sua resolução de 2005, além de lembrar as vítimas judias, a ONU também "condena sem reservas todas as manifestações de intolerância religiosa, incitação, assédio ou violência contra pessoas ou comunidades por motivos de origem étnica ou crença religiosa, onde quer que ocorram".


 


A ONU escolheu 27 de janeiro por ser o dia em que, em 1945, os prisioneiros foram libertados do campo de concentração de Auschwitz, na Polônia, onde cerca de 1,1 milhão de pessoas morreram nas mãos dos nazistas.


 


Fonte: acidigital 


Indique a um amigo
 
Newsletter

CADASTRE-SE

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS ATUALIZADAS DO IBMC
  • ibmc@ibmc.com.br

  • Copyright © 2024 IBMC - Instituto Brasileiro de Marketing Católico. Todos os direitos reservados.